terça-feira, 8 de maio de 2012

Silêncio…

Despedi-me.
Da tumultuada ilusão,
Resgatei o vivido
Às lembranças,
Os olhos fechei,
Meu coração conformei.

O término dessa história,
Com aperto e dor,
Pontuei,
Com uma lágrima,
Um beijo,
Um sorriso.

Suspirei,
Liberdade me chamou,
Cedo demais para pousar,
Na paixão não sei ficar,
Águas calmas procuro,
Para viagem continuar.

Mais um tempo recolhida,
Ermita da civilização,
Viajo pela leitura e reflexão,
Agradecendo mais um dia,
Um amor, uma emoção,
No baloiçar do vento,
Começa outra estação.

Marisa Pereira
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário