sábado, 5 de maio de 2012

“DIA DA MÃE”

Em Dezembro toda a vida,
Ensinaste-me querida
Mãe, e Professora também!
Desta verdade não saio
Porquê passado para Maio,
Que nem uma Santa tem?

Senhora da Conceição
Sempre no meu coração
Respeito-a até morrer!
P’ra mim é sempre em Dezembro,
Dia oito bem me lembro,
De Maio, não quero saber!

Poderão fazer mil festas,
Mas as verdades são estas…
Duma Santa Imaculada!
Mudam a Santa, o feriado…
Mas eu, não estou mudado
Maio, a mim não me diz nada!

Digam lá o que disserem,
Façam lá o que fizerem
Num mundo de fantasias!
Dia da Mãe em questão,
Senhora da Conceição,
É também todos os dias!

João da Palma
 

Sem comentários:

Publicar um comentário