quarta-feira, 9 de maio de 2012

Abro a pauta!
Vejo uma clave de sol
A iluminar-me o olhar.
Luz brilhante que me perpassa o corpo
Apurando todos os meus sentidos.

Ah!, como vejo o brilhar das notas,
Cintilando entre os dedos do pianista
Ah!, como te adivinho vogais abertas
Saindo dos lábios (entre)abertos de quem te dá voz,
Ah!,como o ritmo me (en)canta e (e)leva ao cosmos
Em aromas harmoniosamente arrumados
Ah!, doce roçar em meus lábios trauteantes!


E assim te vais desdobrando e desvendando
Em notas soltas, numa reciprocidade que nos atrai,
És suporte vivo de todas as minhas apetências...
Vives em mim!
Porque és tão somente...um estado 'Alma...

(eu) Cristina Cebola
 

1 comentário:

  1. Agradeço ao Abrigo Poetico, todo o carinho e amizade!Beijinhos....

    ResponderEliminar