quarta-feira, 18 de abril de 2012

DANÇA CRIANÇA

I

Quisera voltar ao ambiente da vigorosa dança

De centenas crianças sujas rotas a lembrança
Tão frenética rebentava a orquestra é batuque
Lá longe na minha terra querida Moçambique

II

Já vejo crianças que enfeitiçadas pela folia
Sorrisos rasgados apresentam na batucaria
Os guerreiros nus destroem o chão já morria
Neste compasso aprendo a dançar feitiçaria

III

No ar o apito estridente é compasso a magia
Estripitosos hinos de revolta contra o opressor
Que suas terras invadiu lhes roubou a Maria
Colocou lhes condição submissa Ó SENHOR

IV

Dança dança preto um dia te roubarão a mulata
Dança dança mulato um dia roubarão a branca
Dança dança branco um dia te roubarão a preta
Dança dança criança que um dia serás criança

 
Alfredo Magalhães 
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário