segunda-feira, 19 de março de 2012

UM DIA COM A NATUREZA

FOI NUMA MADRUGADA QUE A NATUREZA EU QUIS VISITAR.
AS ULTIMAS ESTRELAS.. AINDA ESTAVAM NO CÉU A CINTILAR.
A LUA, CANSADA DE UMA NOITE EM CLARO RESOLVER SE RETIRAR.
E EU ENVOLTA NUM MANTO DE MISTÉRIO...COMECEI A CAMINHAR.
QUASE TODA A NATUREZA INOCENTEMENTE... ESTAVA DORMINDO.
O SILENCIO ERA TOTAL E UMA TAL EMOÇÃO...ESTAVA SENTINDO.
EIS QUE UMA SUAVE BRISA MATINAL....ME VEIO CUMPRIMENTAR.
ME SEGREDOU BAIXINHO QUE O SOL ESTÁ QUASE A SE LEVANTAR.
UM ROUXINOL CANTOU......... UM MELRO LOGO O ACOMPANHOU.
DEPOIS MUITOS MAIS SE SEGUIRAM. O BELO CANTO ENTOOU.
AO SOM DESTA MELODIA A NATUREZA SORRIDENTE ACORDOU.
O SOL DO HORIZONTE SE ERGUEU E DEPRESSA TUDO AQUECEU.
À SOMBRA DE UMA GRANDE ÁRVORE ME SENTEI ...E OBSERVEI.
ESTA ÁRVORE ATÉ PODE TER MAIS DE UM SÉCULO EXCLAMEI.
INOFENSIVAS, INDEFESAS ÁRVORES ANSIOSAS POR MOVIMENTO.
AGUARDANDO A TODO O MOMENTO A VISITA DO AMIGO VENTO
EIS QUE SURGE O VENTO... QUE AS BALANÇOU E AS DESPENTEOU
E ENTÃO UMA DANÇA FRENÉTICA MAS HARMONIOSA SE INICIOU.
DANÇAVAM AO COMPASSO E RITMO... QUE O VENTO ORDENAVA
ENVOLVIDAS PELO SOM DA MUSICA DAS AVES QUE NO AR PAIRAVA.

AURORA MARIA FERREIRA DA CRUZ MARTINS AFONSO
 

Sem comentários:

Publicar um comentário