segunda-feira, 19 de março de 2012

* Domingo, o jornal, o café e a esplanada *

* *

os olhos correm

juntam símbolos e correm

decifram a mensagem

fixam a notícia

detêm-se por breves momentos

para medirem a realidade circundante

da esplanada do café


o tempo de virar a página


e ei-los a correr de novo

até à última linha

entre amores e ódios

delírios e intrigas

prazeres e dores

leis e razões

dúvidas e medos

sonhos

esperanças

e cantos


imensa roda

a preto e branco

de um mundo que é sempre notícia


aberta aos sentidos *

* *

antónio
 

Sem comentários:

Publicar um comentário