domingo, 15 de abril de 2012

"Entrego-me"


A Ti que sopras suavemente
sobre os campos de jóio,
numa serenata de vagalumes
sob a sombra cansada
feita pedaços de sonho vivo...
...em Amor

E aos teus cabelos que perfumam,
aos teus lábios que sorriem,
aos teus olhos que dançam,
e à vida que a tua brisa
torna mais colorida,
a Ti entrego-me...

António Carlos Santos
 

Sem comentários:

Publicar um comentário