quinta-feira, 1 de março de 2012

"Sal"

Se eu pegasse numa das minhas lágrimas
e a cultivasse em mar bravio
virias molhar os pés na minha margem
mergulhar a pele na agua fria
e flutuar ao sabor da minha vida

Se as ondas gritassem a minha dor
ao bater na rebentação por ti
ias enfrentar as marés
e provar o sal depositado a teus pés

Se ganhasses coragem
para explorar o leito profundo
conquistar os abismos
e em mergulho livre
tocar o silêncio do fundo
eu secava as minhas lágrimas
e devolvia-te são ao mundo

MafaldaDuarte
 

Sem comentários:

Publicar um comentário