segunda-feira, 2 de abril de 2012

Estrela No Céu...


Uma palavra, não basta
Para descrever, a tua sabedoria vasta
Choro, pela tua ausência
E sofro, com a tua in comparência

Estou, triste com Deus
Pois ele deixa-me a mim, e leva-me os meus
Eramos irmãos, os melhores amigos
Partilhávamos a vida, e até os castigos

Se Deus realmente existisse,
Não deixava, que o meu amigo partisse
Desce a terra, que eu subo ao céu
Tu podes ser tudo, mas nunca o réu

Tinhas o dobro da minha sabedoria
E aprimoraste-me o dom da poesia
Se hoje eu escrevo, é por ti
Se amanha eu chorar, e porque não estas aqui

Tudo farei, para que continues vivo
Onde deixas-te a marca, neste mundo relativo
Termino esta, quadra com um ponto
Mas com vontade, de sentir o nosso reencontro
Ricardo Sousa 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário