sexta-feira, 20 de abril de 2012


..uma febre

naquela febre
que nos consumia
emoções de corpos
que já não éramos
sonhando...
transpirando em ti
tremendo
trocando juras
observando
a distância do teu olhar
do teu corpo
do teu sentir...
risos enterrados
em dias de maior saudade
que agora o ver-te
trazia à realidade!
Avaliar o frio e o quente
de ti
antes que venhas
antes que partas
à chegada do luar...
 
Guiomar Casas Novas
 
 


Sem comentários:

Publicar um comentário