segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Se te inspiro amor

Se te inspiro amor, meu amor
Ama-me então inteira,
Esta noite.

Faz de mim ceifeira
De todas as tuas mágoas.

Seca teu corpo ferido,
Com minhas penas molhadas
Dentro de ti guardadas
E faz delas, calor.

O calor do desejo
De nos amarmos num só beijo
Numa dança de corpos com fervor.

Depois de nossos corpos entrelaçados
Em nossos olhares retratados
Ficará assim,
Selado o nosso amor.


Daniela S. Pereira


Sem comentários:

Publicar um comentário