sábado, 28 de janeiro de 2012

VOLTAR 

Voltar...
 
ao tempo em que tudo era mágico
fácil
do tamanho dos nossos sonhos....


à inocência dos nossos actos
pensamentos
e pequenas ousadias....


à doce sensação de sermos únicos
especiais
sem precedentes....


à ingénua certeza
de que tudo seria melhor
maior...


à singela esperança
de um mundo mais justo
sem dor......


à vida sonhada
feita à nossa medida
e candura.


Voltar....


Carmen Sêco


Sem comentários:

Publicar um comentário