terça-feira, 24 de janeiro de 2012


Noite de Inverno

Mãos minhas prisioneiras
no agasalho da manta.
O tilintar das caleiras,
lua que não encanta.

No escrever do poema,
no fantasiar meu tema,
a tinta escorre no papel
ao frio sentido na pele...

Helder Martins

3 comentários:

  1. Nas noites de Inverno, enrolada na manta, está-se bem aqui no Blogue! Parabéns por este novo projecto!
    Dina Rodrigues

    ResponderEliminar